Financiada

A Formação financiada permite a realização de cursos de formação profissional sem custos financeiros para os/as participantes.

Constitui-se como uma oportunidade para todos os que pretendem apostar na sua qualificação escolar e/ou profissional e, dessa forma, estimular uma cidadania mais activa e melhorar os níveis de empregabilidade e de inclusão social e profissional.

A APAV teve aprovado os seguintes projetos:

Código do projeto: POISE-03-4538-FSE-000596
Objetivo temático: Promover a inclusão social e combater a pobreza
Prioridade de investimento: Melhoria do acesso a serviços sustentáveis, de qualidade e a preços comportávéis, incluindo cuidados de saúde e serviços sociais de interesse geral 
Tipologia da Operação: 3.30 - Formação de Profissionais do Setor da Saúde
Região de Intervenção: Alentejo
Entidade beneficiária: Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV)
Data de aprovação: 
Data de início: 19-12-2019           Data de conclusão: 09-11-2021
Custo total elegível: 15.150,00 €
Apoio financeiro da União Europeia: Fundo Social Europeu (85%) – 12.877,50 €
Apoio financeiro nacional: Contribuição Pública Nacional (15%) – 2.272,50 €

Objetivo Central:  Colmatar as necessidades de formação evidenciadas  por profissionais do setor da saúde pertencentes à região do Alentejo.
Resultados esperados: Qualificar 150 profissionais do setor da saúde
Principais atividades: 

  • Dinamização de 3 ações de Formação sobre  Violência Doméstica (30 horas).
  • Dinamização de 1 ação de Formação sobre Crianças e Jovens Vítimas de Crime e de Violência (21 horas)
  • Dinamização de 4 ações de sobre Pessoas Idosas Vítimas de Crime e de Violência (30 horas)

Este projeto formativo visa dinamizar ações de formação para profissionais do setor da saúde do distrito de Portalegre, incluindo da Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULSNA) e da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI). Nomeadamente a Cruz Vermelha Portuguesa de Elvas e a Santa Casa da Misericórdia de Ponte Sor, 

Logo APAV Qualificar Norte

Nome do Projeto: Qualificar Norte - Formação de Públicos Estratégicos
Código do projeto: POISE-03-4436-FSE-000670
Objetivo principal: Promover a inclusão social e combater a pobreza
Região de Intervenção: Norte
Entidade beneficiária: Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV)
Data de aprovação: 17-07-2017
Data de início: 18-10-2017            Data de conclusão: 12-10-2018 
Custo total elegível: 27.972,00 €
Apoio financeiro da União Europeia: Fundo Social Europeu (85%) – 23.776,20 €
Apoio financeiro nacional: Contribuição Pública Nacional (15%) – 4.195,80 €

Objetivo Central:  Colmatar as necessidades de formação evidenciadas na área da violência doméstica por profissionais pertencentes à região Norte.
Resultados esperados: Qualificar 116 participantes em ações de formação de públicos estratégicos.
Principais atividades: 

  • Dinamização de 6 ações de Formação de profissionais na área da Violência Doméstica (30 horas).
  • Dinamização de 1 ação de Formação de agentes qualificados/as que atuem no domínio da Violência Doméstica e/ou da prevenção da vitimização ou revitimização desta - Técnicos de Apoio à Vitima (90 horas)

Este projeto conta com o apoio da Comissão Nacional de Proteção dos Direitos  e Proteção das Crianças e Jovens, Direção-Geral de Saúde, Direção-Geral da Administração da Justiça e Tribunal Judicial da Comarca de Vila Real.  

Logo APAV Qualificar Centro

Nome do Projeto: Qualificar Centro - Formação de Públicos Estratégico
Código do projeto: POISE-03-4436-FSE-000663
Objetivo principal: Promover a inclusão social e combater a pobreza
Região de Intervenção: Centro
Entidade beneficiária: Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV)
Data de aprovação: 14-06-2017
Data de início: 16-10-2017                            Data de conclusão: 03-07-2018
Custo total elegível: 13.539,98 €
Apoio financeiro da União Europeia: Fundo Social Europeu (85%) – 11.508,98 €
Apoio financeiro nacional: Contribuição Pública Nacional (15%) – 2.031,00€

Objetivo Central: Colmatar as necessidades de formação evidenciadas na área da violência doméstica por profissionais pertencentes à região Centro.
Resultados esperados: Qualificar 90 participantes em ações de formação de públicos estratégicos.
Principais atividades: 

  • Dinamização de 5 ações de Formação de profissionais na área da Violência Doméstica (30 horas)

Este projeto conta com a parceria da Comissão Nacional de Proteção dos Direitos  e Proteção das Crianças e Jovens, Direção-Geral de Saúde e Direção-Geral da Administração da Justiça

Logo APAV Qualificar Alentejo

Nome do Projeto: Qualificar Alentejo - Formação de Públicos Estratégicos 
Código do projeto: POISE-03-4436-FSE-000659
Objetivo principal: Promover a inclusão social e combater a pobreza
Região de Intervenção: Alentejo
Entidade beneficiária: Associação Portuguesa de Apoio à Vítima (APAV)
Data de aprovação: 14-06-2017
Data de início: 26-09-2017                      Data de conclusão: 10-09-2018
Custo total elegível: 24.371,96 €
Apoio financeiro da União Europeia: Fundo Social Europeu (85%) – 20716,17 €
Apoio financeiro nacional: Contribuição Pública Nacional (15%) – 3.655,79 €

Objetivo Central: Colmatar as necessidades de formação evidenciadas na área da violência doméstica por profissionais pertencentes à região do Alentejo.
Resultados esperados: Qualificar 126 participantes em ações de formação de públicos estratégicos.
Principais atividades: 

  • Dinamização de 6 ações de Formação de profissionais na área da Violência Doméstica (30 horas).
  • Dinamização de 1 ação de Formação de agentes qualificados/as que atuem no domínio da Violência Doméstica e/ou da prevenção da vitimização ou revitimização desta - Técnicos de Apoio à Vitima (90 horas). 

Este projeto conta com a parceria da Câmara Municipal de Santarém, Câmara Municipal de Rio Maior, Comissão Nacional de Proteção dos Direitos  e Proteção das Crianças e Jovens, Direção-Geral de Saúde e Direção-Geral da Administração da Justiça

formacao footer 01 apav footer 02 apav footer 03 bureau footer 04

 

Apoio técnico, logístico e supervisão; promoção do reconhecimento,
das áreas da vitimologia e do apoio à vítima pelos serviços de sede.